<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6432744\x26blogName\x3dANTES+DE+TEMPO\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/\x26vt\x3d685797521404101269', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, 30 de agosto de 2005

 
Um livro




Prémio Médicis 2002, Prémio Britain's W.H. Smith e American Pen/Faulkner Award são os três prémios com que foi distinguido este romance de P. Roth, um dos maiores escritores norte-americanos contemporâneos. Estes prémios juntam-se a muitos outros com que Roth foi distinguido nos anos 90, nomeadamente o Pulitzer Prize, em 1997. A Mancha Humana é a terceira história de uma trilogia que começou com Pastoral Americana. Em A Mancha Humana, já transposto para cinema, Roth aborda novamente o tema das vidas americanas do pós-guerra, o absurdo de determinados preconceitos numa América dominada pelo escândalo Clinton que fez ressurgir, nas palavras de Roth "o êxtase da beatice hipócrita". Philip Roth é um autor multifacetado que consegue abordar temas de extrema seriedade mas também ter uma visão hilariante da sociedade americana e do mundo. Para quem se queira rir um bocado, obrigatório ler O Complexo de Portnoy publicado em 1994 pela Bertrand.



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?