<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6432744\x26blogName\x3dANTES+DE+TEMPO\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/\x26vt\x3d685797521404101269', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

 
A ler



Aparecido há pouco tempo nas livrarias, Compêndio para Uso dos Pássaros, Poesia Reunida 1937-2004 de Manoel de Barros, vem em muito boa hora colmatar a lacuna existente na publicação deste Autor em Portugal. Nascido em 1916, Manoel de Barros é um dos mais importantes poetas da chamada Terceira Geração do Modernismo Brasileiro. Esta Poesia Reunida 1937-2004, edição da Quasi, dá-nos uma visão mais proporcionada da importancia e extraordinária qualidade deste Autor. Por curiosidade, aqui fica uma outra edição da Quasi, de 2000, desse pequeno livro encantado O Encantador de Palavras (livrinho que se consegue do editor por apenas 5 euros).


Poesia, s.f.

Raíz de água larga no rosto da noite
Produto de uma pessoa inclinada a antro
Remanso que um riacho faz sob o caule da manhã
Espécie de réstia espantada que sai pelas frinchas de
um homem
Designa também a armação de objectos lúdicos com
emprego de palavras imagens cores sons etc.
geralmente feitos por crianças pessoas esquisitas
loucos e bêbados

Manoel de Barros in O Encantador de Palavras, 2000.



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?