<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6432744\x26blogName\x3dANTES+DE+TEMPO\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/\x26vt\x3d685797521404101269', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

 
Matila C. Ghyka



Matila C. Ghyka, nome com que assinou a sua obra literária, nasceu em Lasi, antiga capital da Moldavia a 13 de Setembro de 1881. De seu verdadeiro nome, Principe Matila Costiesco Ghyka, era neto de Grigore Alexandru Ghyca, último Príncipe da Moldavia. Estudou primeiro num colégio jesuíta em Jersy, depois em Brest e em Paris. Doutorou-se em Direito pela Universidade de Bruxelas e, em 1910, entrou para o serviço diplomático, tendo sido sucessivamente colocado em Roma, Berlim, Londres, Madrid, Paris, Viena, Estocolmo e novamente em Londres. Na sua estadia em Paris, Paul Morand introduziu-o nos círculos literários franceses. Torna-se amigo de Marcel Proust e de Léon-Paul Fargue. Torna-se também amigo de Paul Valery que, em 1938, escreve o prefácio da sua obra Essai sur le rythme. Após a II Guerra, torna-se professor de Estética na University of Southern California e no Mary Washington College, Virginia.
Desenvolve a partir de 1927 uma brilhante obra literária na área da filosofia com especial incidência no pitagorismo, estética, semântica e ciência sagrada dos números.
Em 1927, publica Esthétique des Proportions, seguindo-se em 1931 Le nombre d'or. Em 1936, Pluie d'etoiles, o seu único romance. Essai sur le rythme é publicado em 1938, seguindo-se A Documentary Chronology of Roumanian History from Pre-historic Times to the Present Day em 1941. Em 1946, Tour d'horizon philosophique e The Geometry of Art and Life. Em 1949, Sortileges du verbe e em 1952 A Handbook of Practical Geometry e Philosophie et Mystique du nombre. O seu último livro The World Mine Oyster surge em 1961. Matila C. Ghyka morre em 1965.



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?