<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6432744\x26blogName\x3dANTES+DE+TEMPO\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/\x26vt\x3d685797521404101269', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quarta-feira, 17 de junho de 2009

 
Livros esquecidos (7)



Com uma primeira edição datada de 1899, este Traité de la Réintégration des Êtres de Martinès de Pasqually foi reeditado em 1974, 1984 e, novamente, facsimilado nesta edição de 1988. Primeiramente pelo fundador da editora, Henri Chacornac, depois, já com André Villain como seu director, pelas Éditions Traditionnelles, editora da notável publicação periódica Études Traditionnelles — que contava, entre outros, com a colaboração de René Guènon. As Éditions Traditonnelles já desapareceram.
Esta é a obra fundamental de Pasqually, figura polémica da segunda metade do século XVIII. Entre 1760 e 1772, Martinès percorre as principais cidades francesas recrutando no seio das lojas maçónicas clandestinas os homens que constituiriam um núcleo para o Soberano Tribunal, constituído em Paris em 1767. Nasce assim aquilo que ficou conhecido por Martinismo, numa época conturbada da Ordem. Depois da sua partida para as Antilhas em 1772, Louis Claude de Saint-Martin irá provocar uma cisão tendo em conta a negligência de Pasqually em relação às bases da instituição e ao papel das lojas azuis. A situação precipita-se em 1778 com as lojas de Paris, Versailles e Lyon a aderirem definitivamente à Estrita Observância e o lugar de grão-mestre a ser ocupado por Villermoz, sucessor de Pierre d'Aumont, sucessor de Jacques Molay.




<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?