<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6432744\x26blogName\x3dANTES+DE+TEMPO\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://antesdetempo.blogspot.com/\x26vt\x3d685797521404101269', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

 
Christian Boltanski - Personnes



Christian Boltanski é o artista convidado para a terceira edição da Monumenta a decorrer de 13 de Janeiro a 21 de Fevereiro de 2010 no Grand Palais. Depois de Anselm Kiefer, em 2007, e de Richard Serra em 2008, surge a muito aguardada intervenção de Boltanski, que aliás estava originalmente programada para este ano. Nascido em 1944, Boltanski é um dos mais importantes artistas contemporâneos vivos. Trabalhando sobre os limites da humanidade e a dimensão da memória mas também sobre o destino e a irredutibilidade da morte, a instalação inédita concebida por Boltanski para a Monumenta 2010 é, nas palavras da comissária da exposição Catherine Grenier, uma experiência impressionante, física e psicológica, um momento de emoção espectacular que questiona a natureza e o sentido da humanidade. Com esta instalação, Boltanski criou um lugar de comemoração visual e sonoro de uma densidade excepcional numa reflexão social, religiosa e humana sobre a vida, a memória, a singularidade irredutível de cada existência e, também, sobre a presença da morte, a desumanização do corpo e a aleatoriedade do destino.
Também durante a Monumenta 2010, Boltanski prosseguirá com o projecto Les Archives du coeur, uma imensa recolha, à escala planetária, dos batimentos do coração de cada um, projecto que vem sendo executado desde 2005. Durante a Monumenta 2010, cada visitante poderá registar as pulsações do seu próprio coração e esse registo fará parte dessa imensa colecção permanente intitulada Les Archive du coeur. A partir de 2010, esta extraordinária colecção, verdadeiro projecto universal e utópico, será conservada na ilha japonesa de Teshima, no mar interior de Seto, ilha posta à disposição por um mecenas.



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?